Calendário PIS 2017


Todo ano, milhões de trabalhadores brasileiros são beneficiados pelo abono salarial, também conhecido como PIS, no caso dos trabalhadores de empresas privadas, e PASEP no caso de empresas públicas. Essa remuneração extra é distribuída aos trabalhadores em diferentes datas durante ano, definidas pelo calendário PIS 2017. Na prática, o PIS 2016 é um décimo quarto salário para o trabalhador, é uma remuneração extra distribuída pelo governo no valor de até um salário mínimo ao trabalhador brasileiro que no ano anterior tenha sido remunerado com até 2 salários mínimos por mês em média.

cartão do cidadão, usado para realizar o saque do abono salarial conforme a tabela PIS

cartão do cidadão, usado para realizar o saque do abono salarial conforme a tabela PIS

Para se ter direito ao PIS 2017, o trabalhador precisa ter trabalhado no mínimo 30 dias consecutivos no ano anterior formalmente em empresa que esteja em dia com a declarações com o ministério do trabalho. Tendo se enquadrado nessas condições, o trabalhador receberá o benefício de acordo com a Tabela PIS 2017, divulgada pelo Ministério do Trabalho. O PIS é financiado por diversas taxações impostas pelo governo às empresa, principalmente o PIS/COFINS.

Tabela PIS 2017

A tabela do calendário PIS é divulgada pelo Ministério do Trabalho e pode ser consultada na página oficial do órgão ou mesmo no endereço eletrônico da Caixa Econômica Federal. Para sua maior comodidade, você pode fazer a consulta pis 2017 logo abaixo no calendário de pagamentos do PIS 2016/2017.

Tabela PIS 2017 Atualizada

TABELA PIS 2016/2017 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL (ATUALIZADA)
Calendário de pagamento do PIS 2017 para agências da Caixa:
Aniversário
Pode Sacar em: Até:
Julho 28/07/2016 30/06/2017
Agosto 18/08/2016 30/06/2017
Setembro 15/09/2016 30/06/2017
Outubro 14/10/2016 30/06/2017
Novembro 21/11/2016 30/06/2017
Dezembro 15/12/2016 30/06/2017
Janeiro e Fevereiro 19/01/2017 30/06/2017
Março e Abril 16/02/2017 30/06/2017
Maio e Junho 16/03/2017 30/06/2017
Confira mais em: www.pis2015.net.br

Tabela PIS 2015-2016

Calendário do PIS 2015/2016
Mês de nascimento Recebe a partir de Recebe até
Julho 22/07/2015 30/06/2016
Agosto 20/08/2015
Setembro 17/09/2015
Outubro 15/10/2015
Novembro 19/11/2015
Dezembro 17/12/2015
Janeiro 14/01/2016
Fevereiro 14/01/2016
Março 16/02/2016
Abril 16/02/2016
Maio 17/03/2016
Junho 17/03/2016

Tabela PIS 2014-2015

Calendário do PIS 2014/2015
Mês de nascimento Recebe a partir de Recebe até
Julho 15/07/2014 30/06/2015
Agosto 22/07/2014
Setembro 31/07/2014
Outubro 14/08/2014
Novembro 31/07/2014
Dezembro 28/08/2014
Janeiro 16/09/2014
Fevereiro 23/09/2014
Março 30/09/2014
Abril 14/10/2014
Maio 21/10/2014
Junho 31/10/2014

Nova tabela do PIS 2017 atualizada

Nova tabela atualizada do PIS 2015-2016

Nova tabela atualizada do PIS 2016-2017

Os pagamentos iniciam, em geral, no mês de Julho em cada ano, e variam de acordo com com a data de nascimento do beneficiário. O encerramento do pagamento ocorre em Maio ou Junho do ano seguinte, e a partir do encerramento do período de pagamentos, quem não tiver feito o saque do abono salarial 2017 até a data limite perderá o valor do recurso, que volta para a Fundação de Amparo ao Trabalhador.

Pagamento do PIS 2017

Para receber o pagamento do PIS 2017, é necessário comparecer a uma agência da Caixa ou posto autorizado da mesma, como lotéricas, tendo em posse o cartão do cidadão e um documento de identidade válido com foto, que pode ser Carteira de Motorista, RG ou mesmo a Carteira de Trabalho.

O valor do recurso a sacar, para quem tiver direito ao benefício em 2016 será de R$ 880,00, ou seja, o equivalente a um salário mínimo no ano anterior. Em 2016, o valor será pago a quem tenha trabalhado pelo menos 30 dias consecutivos com carteira assinada para empresa regularizada pelo Ministério do Trabalho, mas para o PIS 2016/2017, a regra vai mudar, segundo anúncio do governo Federal.

Novas Regras

Para o próximo ano, será necessário que o trabalhador tenha trabalhado no mínimo 6 meses do ano de 2016 (180 dias), e a remuneração será proporcional ao tempo trabalhado durante o ano. Essa mudança, anunciada pelo Governo Federal busca cortar gasto com benefícios de trabalhadores que se mantenham ociosos durante a maior parte do ano que recebiam o benefício de má fé.

Seguindo o critério de proporcionalidade do abono Salarial do próximo ano, um trabalhador que tenha trabalhado durante o ano inteiro regularmente, o valor do PIS 2016/2017 será integral, de 1 salário mínimo, mas caso tenha trabalhado por, por exemplo 6 meses, o valor será de apenas metade do valor do salário mínimo.

Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (31 votes, average: 4,61 out of 5)
Loading...

Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *